Produtores de leite farão protesto durante GP da Bélgica

Manifestação não deve prejudicar o desenvolvimento da corrida no circuito de Spa-Francorchamps

EFE,

26 de agosto de 2009 | 19h42

BRUXELAS - Os produtores de leite da Bélgica aproveitarão a passagem da Fórmula 1 pelo país, este fim de semana, para protestar diante da grave situação do setor, mas sem afetar o desenvolvimento da prova.

Veja também:

tabela F-1: classificação do Mundial

especial ESPECIAL: jogue o Desafio dos Pilotos

forum BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

Um grupo da província de Liège planeja escrever a expressão 'Sos Lait' ('Sos leite', em português) com ajuda de tratores e cal entre as curvas Bruxelas e Stavelot do circuito de Spa-Francorchamps, palco do Grande Prêmio da Bélgica.

Segundo a agência "Belga", o protesto acontecerá sábado, dia do treino de classificação, e será filmado por um helicóptero para ser retransmitido nos telões do circuito antes do início da corrida, no dia seguinte.

No entanto, a manobra tem de ser aprovada pela Formula One Management (FOM, na sigla em inglês), empresa detentora dos direitos da F-1 e de propriedade do inglês Bernie Ecclestone.

Os produtores de leite da União Europeia organizaram diversos tipos de protesto nos últimos meses devido à grave situação do setor, cujos preços vêm caindo vertiginosamente.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1FOMleite

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.