Proposta de compra da Cart é rejeitada

A Cart, organizadora do Mundial da categoria, confirmou nesta segunda-feira ter recebido uma proposta de US$ 7,4 milhões pelas ações da empresa (US$ 0,50 por ação), que passa por grave crise financeira. A oferta foi feita pela Open Whell Racing Series, companhia criada por vários donos de equipes, entre eles Gerald Forsythe e Carl Haas. A Cart não aceitou, mas manteve as negociações na esperança de que a proposta melhore. As ações da Cart continuam a cair e já estão abaixo de US$ 2 na bolsa de Nova York. Há 15 dias, a empresa era avaliada em US$ 32 milhões. Hoje, seu valor de mercado não deve chegar aos US$ 30 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.