Mark Sciefelbein/AP
Mark Sciefelbein/AP

Punido, Button perde posição no GP da China por batida em Lotus

Britânico tira o venezuelano Pastor Maldonado da prova em colisão

Estadão Conteúdo

12 de abril de 2015 | 09h42

O inglês Jenson Button não escapou ileso da batida que tirou o venezuelano Pastor Maldonado do GP da China de Fórmula 1, na madrugada deste domingo. O piloto da McLaren foi punido com o acréscimo de cinco segundos em seu tempo final de corrida, o que resultou na perda de uma posição.

Com a decisão dos comissários da prova, Button caiu do 13º para o 14º lugar da corrida disputada em Xangai. O espanhol Carlos Sainz Jr, da Toro Rosso, ganhou sua posição. Além disso, o piloto inglês recebeu dois pontos na carteira - o acúmulo na pontuação pode resultar em suspensão no decorrer da temporada.

Button e Maldonado fizeram dura disputa pela 13ª posição na parte final da corrida. Na volta 49, o inglês tentou fazer a ultrapassagem por dentro, mas acertou a traseira de Maldonado, que rodou e saiu da pista. O piloto da Lotus acabou abandonando a prova logo na sequência. Button conseguiu completar a corrida.

Ao fim da corrida, o inglês admitiu ter errado na tentativa de ultrapassagem. "Achei que tinha espaço suficiente pelo lado de dentro. Uma batida é algo que você nunca quer ver acontecer. Foi um erro de julgamento", reconheceu Button, selando mais um fim de semana frustrante para a McLaren. Seu companheiro, o bicampeão Fernando Alonso, foi apenas o 12º na prova, ainda sem somar pontos na temporada.

Além de Button, o espanhol Roberto Merhi foi punido com dois pontos na carteira e cinco segundos na corrida. Ele recebeu a sanção por ter excedido o limite de velocidade durante a intervenção do safety car na prova. O piloto da Marussia permaneceu na 16ª posição porque o acréscimo de tempo não superou o resultado do holandês Max Verstappen, 17º colocado.

Confira a classificação atualizada do GP da China:

1º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), em 1h39min42s008

2º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), a 0s714

3º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), a 2s988

4º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), a 3s835

5º - Felipe Massa (BRA/Williams), a 8s544

6º - Valtteri Bottas (FIN/Williams), a 9s885

7º - Romain Grosjean (FRA/Lotus), a 19s008

8º - Felipe Nasr (BRA/Sauber), a 22s625

9º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), a 32s117

10º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), a 1 volta

11º - Sergio Pérez (MEX/Force India), a 1 volta

12º - Fernando Alonso (ESP/McLaren), a 1 volta

13º - Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso), a 1 volta

14º - Jenson Button (ING/McLaren), a 1 volta

15º - Will Stevens (ING/Marussia), a 2 voltas

16º - Roberto Merhi (ESP/Marussia), a 2 voltas

17º - Max Verstappen (HOL/Toro Rosso), a 4 voltas

Não completaram a prova:

Pastor Maldonado (VEN/Lotus)

Daniil Kvyat (RUS/Red Bull)

Nico Hülkenberg (ALE/Force India)

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da ChinaButtonvelocidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.