Jose Jordan/AFP
Jose Jordan/AFP

Quartararo supera Viñales, é o mais rápido em Aragão e conquista 2ª pole seguida

Piloto francês consegue ponta no sacrifício depois de sofrer um acidente impressionante no terceiro treino livre

Redação, Estadão Conteúdo

17 de outubro de 2020 | 11h38

Líder do Mundial, Fabio Quartararo conquistou mais uma pole na MotoGP. O piloto francês da Yamaha SRT anotou 1min47s076 e vai largar em primeiro no grid da etapa de Aragão, no circuito de Alcañiz, na Espanha. É a segunda vez consecutiva que sairá na frente, a quarta na temporada de 2020.

Único piloto a vencer mais de uma corrida da MotoGP no ano, Quartararo foi para o sacrifício depois de sofrer um acidente impressionante no terceiro treino livre. Ele não teve fraturas, mas, mesmo com dores, mostrou competência na sessão classificatória e conquistou a pole no último giro rápido. Essa é a nona vez em dez etapas que o francês sai da primeira fila. Ele vai em busca de seu terceiro triunfo em 2020.

Maverick Viñales ficou perto de assegurar a pole, mas foi superado no fim por 0s046 e sairá do segundo lugar. O espanhol da Yamaha anotou 1min47s122 e largará entre os primeiros colocados pela sexta vez na temporada. O britânico Cal Crutchlow, da LCR Honda, registrou a marca de 1min47s305 e completa a primeira fila.

O ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, da Yamaha, manteve o bom ritmo dos outros treinos e será o quarto no grid de largada, logo à frente do australiano Jack Miller, da Pramac, em quinto. Fechando a segunda fila de saída aparece o espanhol da Suzuki Joan Mir, vice-líder do Mundial.

O japonês Takaaki Nakagami, da LCR Honda, o italiano Danilo Petrucci, da Ducati, e os espanhóis Aleix Spargaro e Alex Rins, de Aprilia e Suzuki, respectivamente, completaram o grupo dos dez primeiros colocados no circuito espanhol.

Já Andrea Dovizioso decepcionou. Terceiro colocado no campeonato, o italiano da Ducati não conseguiu avançar para a etapa final da classificação em Aragão, acabou eliminado por Jack Miller e vai largar apenas na 13º colocação.

Positivo para covid-19, o italiano Valentino Rossi foi ausência sentida por todos e principal assunto nos boxes. O veterano supercampeão também deverá ficar ausente da prova da semana que vem, mais uma vez em Alcañiz, na etapa de Teruel.

Os rumores de que o espanhol Marc Márquez poderia participar da corrida em Aragão não foram confirmados. O hexacampeão mundial não está recuperado da cirurgia que sofreu no braço direito.

Quartararo lidera o Mundial com 115 pontos, à frente de Mir, que soma 105. Dovizioso soma 97, um a mais que Viñales. Nakagami tem 81. Depois de Aragão, a temporada tem mais quatro corridas previstas.

A largada da etapa de Aragão da MotoGP, a décima corrida da temporada de 2020, está prevista para as 9h (horário de Brasília) deste domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.