Quarto em treino, Webber segue otimista em título

Quarto colocado no segundo treino livre desta sexta-feira, em Abu Dabi, o australiano Mark Webber, da Red Bull, se manteve otimista com a possibilidade de realizar um bom treino classificatório neste sábado, a partir das 11 horas (de Brasília), e no domingo conquistar o título mundial.

AE, Agência Estado

12 de novembro de 2010 | 16h39

Vice-líder do campeonato, apenas oito pontos atrás de Fernando Alonso, Webber vê o espanhol da Ferrari com uma pequena vantagem para ser campeão. O equilíbrio constante da temporada é um dos motivos para ele acreditar que pode superar os adversários diretos pelo título - ele ainda briga com o companheiro de equipe, Sebastian Vettel, e o inglês Lewis Hamilton.

"Eu acho que é a hora de ter uma decisão porque o meu sentimento é que nós poderíamos ter mais duas ou três corridas sem um campeão definido. Nós todos (ele, Alonso, Hamilton e Vettel) lideramos o campeonato em algum ponto da temporada, mas o importante é estar na liderança após a última corrida. Eu acho que tenho uma boa chance e Fernando (Alonso) tem uma chance um pouco melhor", ressaltou.

Já ao ser questionado sobre a possibilidade de ser campeão beneficiado por uma ordem da Red Bull a Sebastian Vettel, que poderia abrir espaço para o companheiro durante a corrida, o australiano disse que o mais importante é ganhar o título.

"Eu acho que o melhor é vencer o campeonato porque daqui a pouco as pessoas não irão se lembrar das ordens de equipe. Eles apenas se lembrarão do vencedor. Houve muitos campeonatos vencidos no passado com ordens de equipe e haverão muitos outros no futuro. É assim que as coisas são na Fórmula 1", reforçou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.