Quarto lugar na primeira corrida da GP2, em Bahrein, mantém Felipe Nasr em terceiro no campeonato

Piloto de 20 anos da equipe Carlin já somou 36 pontos nas três provas da categoria

Livio Oricchio,

20 de abril de 2013 | 15h21

BAHREIN - Boa prova de Felipe Nasr, da equipe Carlin, hoje na primeira corrida da segunda etapa da GP2, categoria que mais fornece pilotos para a Fórmula 1, disputada no circuito de Sakhir, em Bahrein. O talentoso brasiliense de 20 anos largou em terceiro e acabou em quarto. Os pilotos que pararam um pouco mais tarde para fazer seu pit stop tiveram vantagem, o que ajudou Nasr não recuperar a posição perdida na largada para Stefano Coletti, da Rapax, segundo na prova.

O suíço Fabio Leimer, da Racing, venceu a corrida, conforme o esperado depois de impor um segundo para o segundo colocado na definição do grid, ontem, a maior diferença já registrada na competição, em condições normais de pista. Os adversários não entenderam essa diferença, em especial num traçado como o barenita, de 5.412 metros, sem seções seletivas que pudessem justificar tamanha superioridade. A maior suspeita é que seu motor, por alguma razão, desenvolva mais potência. Os motores Renault V-8 de 4,0 litros, de 610 cavalos, são os mesmos para todos os concorrentes.

O norte-americano Alexander Rossi, da Caterham, completou o pódio, em terceiro.

Nasr somou em três provas, duas na Malásia e hoje a primeira em Bahrein, 36 pontos, decorrentes do quarto lugar na primeira na Malásia, do segundo lugar na segunda e a quarta colocação, hoje. Leimer lidera o campeonato com 54 pontos, pois ganhou a primeira na Malásia e hoje em Bahrein, além de fazer a pole ontem, o que lhe deu 4 pontos.

Em segundo no campeonato está o monegasco Coletti, com 54 também: terceiro na primeira da Malásia, vitória na segunda e segundo hoje.

Como na GP2 o grid para a segunda corrida é invertido entre os oito primeiros, ou seja, o oitavo colocado sai em primeiro, o sétimo em segundo e assim por diante, Nasr começará a prova, amanhã, em quinto lugar. O oitavo hoje, o francês Tom Dillmann, do Russian Time, sai na primeira colocação, enquanto o vencedor hoje, Leimer, em oitavo.

A largada, amanhã, será às 4h50, horário de Brasília, 10h50 no circuito de Sakhir. Serão 23 voltas ou 45 minutos de prova.

Tudo o que sabemos sobre:
Velocidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.