Quatro disputam o título na Indy

Após as duas etapas na Europa, caiu para quatro o número de candidatos ao título da Fórmula Indy. O sueco Kenny Brack foi quem se deu melhor. Ganhou uma corrida, ficou em segundo na outra e agora tem 147 pontos, contra 141 de Gil de Ferran. Hélio Castro Neves, que chegou a Europa como vice-líder, não andou bem nos ovais e caiu para a quarta colocação, com 123 pontos, dois a menos que o norte-americano Michael Andretti, também na briga. Uma análise previa das quatro provas restantes mostra que Kenny Brack terá dificuldades para se manter na frente. Serão três provas em circuitos mistos (Houston, Surfers Paradise e Laguna Seca) e apenas um oval (Fontana), e Brack só consegue ir bem neste tipo de circuito. Suas quatro vitorias na temporada foram nesse tipo de pista. Em mistos, ele tem apenas 32 pontos.Hélio Castro Neves tem retrospecto inverso. Não vai bem nos ovais, mas conquistou suas três vitórias na temporada em mistos. Após a corrida inglesa, apesar de ter ficado mais distante de Brack na classificação, ele pensava no futuro com otimismo. "Pelo menos agora sei que é o território conhecido, onde a Penske está conseguindo um bom acerto de carro e estamos conseguindo vencer", disse.Gil adotou a consistência como tática para chegar ao bicampeonato.Sua vitória na Inglaterra foi a primeira na temporada, número bem menor que Castro Neves e Brack. "Estou sendo consistente e tentando manter um número de pontos razoável em cada corrida. Temos que seguir nesse caminho."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.