Luca Bruno/AP
Luca Bruno/AP

'Quem merecer mais, vai ser campeão', afirma Sebastian Vettel

Com dez pontos de vantagem sobre Alonso, piloto poderá se sagrar tricampeão no GP dos EUA

AE, Agência Estado

12 de novembro de 2012 | 14h21

AUSTIN - Em um duelo apertado com Fernando Alonso pelo título da Fórmula 1, Sebastian Vettel afirmou nesta segunda-feira que o troféu da temporada 2012 ficará com quem "merecer mais". Com dez pontos de vantagem sobre o espanhol, o piloto da Red Bull poderá se sagrar tricampeão no GP dos Estados Unidos, no domingo.

"Eu ainda acredito que será campeão o piloto que merecer mais", afirmou o piloto da Red Bull, ao ser questionado sobre as dificuldades dos dois protagonistas da temporada. Tanto Vettel quanto Alonso precisaram superar diversos problemas para alcançar a briga pelo título nesta reta final do Mundial.

Vettel sofreu mais no início da temporada, quando mostrou irregularidade e teve seguidos problemas com a instabilidade do seu carro. Alonso, por sua vez, surpreendeu a todos ao obter grandes resultados, mesmo pilotando uma Ferrari longe de seus melhores momentos. "Se você observar as corridas que tivemos até agora, acho que os abandonos de nós dois nas provas são semelhantes", comparou o alemão.

O piloto, no entanto, não deixou de admitir que está em situação favorável antes da corrida nos Estados Unidos. "Sem dúvida que estamos em uma posição muito boa agora e espero ir bem até o fim para ter certeza de que mereço esta glória".

Vettel não correrá no domingo motivado apenas pelo título. O alemão vai alcançar a marca de 100 GPs na F-1 ao largar no domingo. E pode coroar o feito com o tricampeonato. Para efeito de comparação, Jackie Stewart se aposentou aos 34 anos, com três títulos e 99 corridas disputadas.

"Tudo tem acontecido muito rápido. Cem corridas é muita coisa. São 100 largadas, 100 tentativas de sobreviver à primeira curva... Mas não parece ter passado muito tempo desde que estreei na F1. O tempo voa quando você faz algo que realmente gosta. Agora vamos focar no segundo centenário", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.