Andrej Isakovic/AFP
Andrej Isakovic/AFP

'Queria terminar o ano como planejo começar a próxima temporada', diz Hamilton

Piloto da Mercedes fechou o ano com vitória no GP de Abu Dabi

Estadão Conteúdo

25 de novembro de 2018 | 16h06

Lewis Hamilton terminou a temporada 2018 com mais uma vitória. Campeão mundial com duas etapas de antecipação, o inglês da Mercedes não diminuiu o ritmo e, neste domingo, cruzou em primeiro a linha de chegada do GP de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos. De acordo ele, a motivação era manter-se embalado já pensando no campeonato de 2019.

"Eu realmente queria terminar forte a temporada, do jeito que planejo começar a próxima. E acho que, pessoalmente, consegui", declarou. "A equipe fez um trabalho excepcional durante todo o ano, e eu realmente queria, a cada corrida, entregar o melhor para eles. Esta é uma nova forma de pensar. Então, foi um fim de semana muito forte, com o qual estou realmente feliz."

O triunfo deste domingo foi o 11.º de Hamilton na temporada, o oitavo nas últimas 11 provas. Com o resultado, o inglês da Mercedes encerrou o Mundial com 408 pontos, contra 320 do vice-campeão Sebastian Vettel, a quem ele não poupou elogios.

"Ele (Vettel) fez um trabalho fantástico o ano todo. Há muito mais pressão sobre nós, então, que ele não olhe os defeitos como nada menos do que nós tentando dar o melhor. Eu sei que, ano que vem, ele vai voltar forte e tive que dar o meu melhor para chegar aqui", comentou.

Hamilton também fez questão de exaltar a rivalidade entre eles, que vem se alongando pelos últimos anos. "Tem sido uma honra e um privilégio correr contra o Sebastian. Eu o conheço desde os tempos de Fórmula 3 e ele sempre foi um piloto honesto, trabalhador, que sempre correu com o coração", apontou.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Lewis Hamiltonautomobilismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.