Andrej Isakovic/AFP
Andrej Isakovic/AFP

Quinto mais rápido nos treinos, Vettel admite: 'Não entrei no ritmo'

Alemão da Ferrari fica 0s787 atrás do holandês Max Verstappen, da Red Bull

Estadão Conteúdo

08 Junho 2018 | 22h18

Vice-líder da temporada na Fórmula 1, Sebastian Vettel admitiu que não esteve em bom ritmo nos treinos livres do GP do Canadá nesta sexta-feira. O alemão cobrou melhor acerto no carro da Ferrari para a sessão classificatória deste sábado, que definirá o grid de largada para a corrida deste domingo, às 15h10 (de Brasília), no circuito Gilles Villeneuve, em Montreal.

+ Hamilton minimiza quarta colocação nos treinos livres e exalta: 'Foi ótimo'

+ Mais rápido nos treinos livres, Verstappen pede mais velocidade nas retas

+ Verstappen volta a ser o mais rápido e lidera 1º dia de treinos no Canadá

Sebastian Vettel fez apenas o quinto melhor tempo do dia, 0s787 atrás do holandês Max Verstappen, da Red Bull, que cravou a volta mais rápida com 1min12s198. "Não estamos muito longe, embora ainda não esteja totalmente feliz e ainda haja algum trabalho a fazer. No final, eu não fiz muitas voltas hoje (sexta-feira) e acho que estávamos um pouco atrás", afirmou o piloto, que deu 24 voltas.

O alemão permaneceu boa parte dos treinos nos boxes, enquanto a equipe alterava a configuração de seu carro. "É difícil conhecer todas as respostas, acho que precisamos de mais algum tempo para arrumar as coisas e ver o que acontece. Tentamos várias coisas, mas ainda temos algo em que trabalhar. Eu não entrei no ritmo", reconheceu.

Já seu companheiro de equipe, o finlandês Kimi Raikkonen, não teve problemas e andou bem em Montreal nesta sexta-feira. Com pneus hipermacios, fez o segundo melhor tempo do dia, a 0s130 de Max Verstappen.

O finlandês reclamou da característica da pista canadense. "Eu não acho que foi um dia simples, é sempre muito difícil conseguir ritmo, porque há pouca carga, baixa aderência, bem como muitos solavancos e freios muito altos. Tentei cortar a chicane, tanto quanto possível. Melhoramos durante o dia e isso prova que estamos indo na direção certa", avaliou o quinto colocado na classificação geral do campeonato, após seis etapas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.