Antonio Calanni/AP
Antonio Calanni/AP

Quinto no grid, Massa demonstra otimismo com a Ferrari

Brasileiro reclama do tráfego em sua volta de classificação, mas fica animado com segundo lugar de Raikkonen

AE

23 de maio de 2009 | 16h58

MONTECARLO - Após conquistar o quinto lugar no grid de largada para o GP de Mônaco, o brasileiro Felipe Massa demonstrou otimismo com o seu carro e disse neste sábado que a Ferrari deverá reagir no circuito de Montecarlo, na sexta etapa da Fórmula 1.

Veja também:

linkLíder do campeonato, Button fica com a pole

"O treino de hoje [domingo] mostrou que somos capazes de lutar pelas primeiras posições do grid. Temos a chance de terminar a corrida entre os três primeiros colocados", declarou o piloto, se referindo ao segundo lugar obtido pelo seu companheiro de equipe, Kimi Raikkonen.

Para Massa, vice-campeão em 2008, aos poucos a Ferrari vai voltar ao desempenho exibido no ano passado. "Será uma longa corrida e os carros da Ferrari estão competitivos. Degrau por degrau, nós estamos voltando a ser o que éramos". Ao fim do treino deste sábado, o brasileiro lamentou não ter conseguido uma volta "limpa" durante as sessões classificatórias.

"Hoje [domingo] não consegui ter uma volta 'limpa', sem ser atrapalhado pelo tráfego e sem cometer algum pequeno erro. Essas coisas podem acontecer facilmente em Mônaco. Mas estou confiante para amanhã domingo".

Massa atribuiu o acidente sofrido na primeira sessão aos novos freios do seu carro. "Estava com freios novos e pneus duros, o que dificultou o acerto da temperatura. Então, assim que eu encostei nos freios, eu travei o volante e acabei batendo no guard rail".

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Felipe Massa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.