Raikkonen bate recorde em Monza

O finlandês Kimi Raikkonen foi o mais rápido no último dia de treinos que algumas equipes da Fórmula 1 fizeram esta semana em Monza, na Itália. Com a marca de 1m23s532, o piloto da Sauber quebrou o recorde do circuito italiano, superando em 238 milésimos de segundo o tempo do alemão Michael Schumacher, obtido no ano passado. Mika - A fase "terrível" de Mika Hakkinen na temporada de F-1, como ele a definiu, teve hoje mais um episódio desagradável: ao iniciar a frenagem para a primeira chicane do circuito italiano, perdeu o controle da McLaren e colidiu com violência na grade de proteção. Ele não se feriu. Hakkinen garantiu à imprensa do seu país que não abandonará as pistas no fim do ano, como se comenta. "É uma informação completamente falsa", afirmou. Oito pilotos treinaram, hoje, em Monza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.