Raikkonen diz que é cedo para pensar em título na Fórmula 1

Finlandês é o líder do campeonato com 29 pontos, nove de vantagem para o segundo, o inglês Lewis Hamilton

Agência Estado

06 de maio de 2008 | 17h02

O finlandês Kimi Raikkonen afirmou nesta terça-feira que ainda é cedo para falar na possibilidade de ser bicampeão da Fórmula 1 em 2008. Líder do Mundial com 29 pontos após quatro etapas, o piloto da Ferrari disse que, por enquanto, prefere pensar em uma corrida de cada vez. "Não vou mudar meu jeito de agir. Ainda é cedo demais para pensar em qualquer coisa além da vitória. Quero conquistar o maior número possível de pontos, e é com esse objetivo que gosto de correr", afirmou Raikkonen em Istambul, onde a Fórmula 1 se prepara para a quinta etapa do ano. "Estamos na liderança do campeonato, mas isso não é importante no momento, o que conta é que estejamos à frente no fim da temporada", afirmou o finlandês, que em 2007 seguiu o discurso à risca - depois de passar a maior parte do ano em terceiro, assumiu a liderança na última prova, com a vitória no GP do Brasil, e comemorou seu primeiro título. A vantagem de Raikkonen para o segundo colocado no Mundial, Lewis Hamilton, da McLaren, é de nove pontos. O polonês Robert Kubica, da BMW, está em terceiro com 19, um a mais que o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, quarto colocado e vencedor dos dois últimos GPs na Turquia. 

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1RaikkonenFerrari

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.