Arquivo/AE
Arquivo/AE

Raikkonen diz que Ferrari está longe do nível da Brawn

Finlandês fala mais uma vez na esperança de que a equipe italiana consiga chegar ao nível da rival

EFE

18 de junho de 2009 | 10h59

PARIS - O finlandês Kimi Raikkonen afirmou nesta quinta-feira que a Ferrari está melhorando de rendimento em 2009, mas admitiu que a escuderia italiana ainda está longe dos bólidos da Brawn GP, líder do Mundial de Construtores da Fórmula 1.

"Estamos melhorando graças ao trabalho duro de desenvolvimento, mas ainda não estamos em condições de brigar pela vitória com a Brawn", disse em seu site.

O campeão de 2007, entretanto, acredita que a Ferrari poderá chegar, em breve, ao nível da equipe do brasileiro Rubens Barrichello e do inglês Jenson Button - líder do Mundial de Pilotos.

"Estou convencido que depois das duas próximas corridas vamos diminuir a diferença entre os líderes e nós. Sei que é isso que nossos torcedores querem, e vamos fazer de tudo para conseguir", afirmou.

Em relação ao Grande Prêmio da Inglaterra, no próximo fim de semana, o companheiro do brasileiro Felipe Massa disse esperar uma prova "difícil", e que subir no pódio seria "um resultado fantástico".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.