Raikkonen diz que Lotus precisa melhorar para vencer

De volta à Fórmula 1 nesta temporada, Kimi Raikkonen já subiu ao pódio quatro vezes, com dois segundos lugares, mas ainda não conseguiu a sua primeira vitória. Apesar da Lotus possuir um carro competitivo, o finlandês reconheceu que a equipe ainda não está no nível ideal, mesmo elogiando a equipe.

AE, Agência Estado

26 de julho de 2012 | 14h56

"Nós não ganhamos nenhuma corrida, por isso não é (um carro) vencedor. Quero dizer, temos um bom pacote, mas em muitas corridas, nós provavelmente não tiramos o melhor dele, mas isso cabe a nós. Ainda estamos muito felizes, mas é claro que você quer fazer melhor. Queremos ganhar corridas, mas isso não aconteceu até agora, então espero que possamos ganhar alguma neste ano", disse.

Assim, Raikkonen espera ter sorte melhor na segunda metade do campeonato. "Não é fácil e nós sabemos disso. Continuamos tentando melhorar as coisas e aprender com as coisas que fazemos e vamos ver o que podemos fazer na segunda parte (da temporada)" afirmou.

Raikkonen avaliou que o fim de semana chuvoso atrapalhou o seu desempenho no GP da Alemanha. Por isso, ele espera que a corrida de domingo na Hungria seja disputada com a pista seca. "Nós tivemos uma boa velocidade no final de semana passado, mas nós não conseguimos fazer nada na chuva por algum motivo. Isso realmente nos colocou em uma posição não muito boa", comentou.

Em 2005, Raikkonen venceu o GP da Hungria. Após a disputa de 10 corridas da temporada 2012 da Fórmula 1, o piloto finlandês ocupa a quarta colocação do Mundial de Pilotos, com 98 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da HungriaKimi Raikkonen

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.