Raikkonen diz que Safety Car poderia ter mudado a corrida

Para finlandês, pole foi essencial para a vitória no GP da Espanha

Redação

27 de abril de 2008 | 15h49

A facilidade da vitória no GP da Espanha deste domingo ficou só na aparência. Pelo menos foi isto o Kimi Raikkonen disse na entrevista coletiva, logo após a prova. O finlandês da Ferrari atribuiu toda a dificuldade da vitória, praticamente de ponta a ponta, às entradas do Safety Car.   Veja também:  Ferrari, com Raikkonen, domina e vence o GP da Espanha  GP da Espanha   "Sempre quando tem muitos Safety Cars as coisas podem se complicar, mas isto não aconteceu hoje [domingo]", disse o finlandês. "Apesar de todas as dificuldades pelas entradas do Safety Car, fizemos uma boa corrida, sem problemas."   Assim como o companheiro de equipe Felipe Massa, Raikkonen também apontou a pole conquistada na véspera como ponto essencial para a vitória. "Após meu primeiro tive um pouco de problemas, assim como a cada entrada do Safety Car. Mesmo assim pude manter a liderança, que só foi possível graças a pole.   ESCOLTAAtrás da dupla da Ferrari, Lewis Hamilton terminou em um bom terceiro lugar. O inglês da McLaren disse estar satisfeito, apesar de não conseguir disputar posições com os rivais. "O começo da prova foi bastante competitivo, quando consegui ganhar algumas posições", disse, se referindo ao quinto lugar no grid. "Depois, tive problemas para ultrapassar as Ferraris, então só pude acompanhá-las."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.