Raikkonen elogia Lotus e culpa vento por rodada

O finlandês Kimi Raikkonen terminou o primeiro dia de atividades no circuito de Suzuka para o GP do Japão satisfeito com o ritmo apresentado pela Lotus. Oitavo colocado no primeiro treino livre e quarto no segundo, ele fez elogios ao desempenho do carro e só lamentou a rodada que teve na segunda sessão, impedindo o de cumprir o programa previsto para a atividade.

AE, Agência Estado

11 de outubro de 2013 | 11h30

"O carro estava muito bom hoje. Claro, existem algumas áreas que podemos melhorar, mas estou muito feliz com o progresso que fizemos. Rodei no segundo treino livre, então perdi algumas das voltas no trecho longo que teria feito nesta tarde", afirmou.

Raikkonen acredita que rodou por causa de uma mudança no vento durante a sua volta no circuito de Suzuka. Mas o finlandês destacou que o tempo perdido nesta sexta não vai atrapalhá-lo no restante do fim de semana, pois conhece bem o circuito japonês.

"Eu estava em uma volta rápida e o vento mudou, o que pode afetar o carro algumas vezes. Pelo menos, não causou qualquer dano, então a equipe não terá nenhum trabalho extra. Isso não é um grande drama, pois conhecemos a pista muito bem. Temos algumas mudanças para amanhã, então vamos ver o que acontece", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.