Srdjan Suki/EFE
Srdjan Suki/EFE

Raikkonen pede calma para Ferrari no começo da temporada

Piloto finlandês vê que principal problema do F14 é o sistema de freios brake-by-wire

O Estado de S. Paulo

19 de março de 2014 | 19h40

MARANELLO - Um dos mais experientes pilotos no grid da Fórmula 1 em 2014, Kimi Raikkonen entende que a palavra-chave para a Ferrari na temporada deve ser calma. Em entrevista publicada no site oficial da escuderia italiana, o finlandês afirmou que a prioridade no momento é fazer o F14 ser mais competivo.

"Antes de tudo, temos que permanecer calmos. A equipe está unida, nós sabemos o que fazer e como fazer para melhorar a performace. Nós também sabemos que esse processo não acontece da noite para o dia", disse o piloto. "Com um começo de temporada como este, com novo pneus e mais do que isso, com um carros completamente novos, a missão principal deve ser terminar as corridas", afirmou.

Ainda segundo Kimi, o GP da Austrália, prova em que terminou apenas na sétima colocação, serviu para identificar alguns problemas no carro, que serão corrigidos em Maranello. Em especial no sistema de freios brake-by-wire.  "Fazer este dispositivo funcionar corretamente é definitivamente algo que contribui para a percepção geral do carro, Eu já tenho alguns anos nesse jogo e posso dizer definitivamente que não é a primeira vez que tenho problemas no primeiro final de semana de corrida", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
VelocidadeFórmula 1RaikkonenFerrari

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.