Max Rossi/Reuters
Max Rossi/Reuters

Raikkonen quer encerrar retrospecto ruim em Cingapura

Piloto finlandês não subiu ao pódio em nenhuma das três corridas que disputou no circuito

AE, Agência Estado

13 de setembro de 2013 | 12h30

RAIKKONEN - Confirmado nesta semana como novo piloto da Ferrari a partir da temporada de 2014, Kimi Raikkonen ainda tem sete corridas a disputar pela Lotus na Fórmula 1. A primeira delas será no próximo dia 22, quando ocorrerá o GP de Cingapura, onde o finlandês espera finalmente encerrar o retrospecto ruim que possui.

Foram três corridas disputadas por Raikkonen no circuito de rua de Marina Bay e em nenhuma delas o piloto conseguiu ficar entre os três primeiros colocados, sendo que nas duas primeiras ocasiões ele ainda vivia a sua primeira passagem como piloto da Ferrari.

"Eu tenho alguns trabalhos inacabados a cumprir depois de minhas três corridas lá até agora, assim como eu gosto do circuito mas ainda não tenho um pódio lá ainda. Isso não significa que não sou rápido lá, onde detenho o recorde de volta mais rápida desde 2008. Eu bati enquanto lutava pelo quinto lugar naquele ano, terminei em décimo em 2009 e fiquei em sexto na última temporada, então eu quero mais desta vez", ressaltou.

Raikkonen também enfatizou a importância de voltar a fazer uma boa corrida no próximo dia 22, depois de não ter conseguido sequer pontuar nas duas últimas provas, na Bélgica e na Itália. "Obviamente, o pódio é um alvo novamente. Fiquei duas corridas sem nenhum ponto, então preciso pontuar o quanto mais puder nas corridas restantes desta temporada", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.