Raikkonen tem dificuldades novamente em Hockenheim

Finlandês ficou em sexto no grid, com seus dois rivais, Hamilton e Massa, dividindo a primeira fila

ALAN BALDWIN, REUTERS

19 de julho de 2008 | 14h02

O atual campeão da Fórmula 1, Kimi Raikkonen, da Ferrari, mais uma vez teve dificuldades em Hockenheim, onde será disputado o GP da Alemanha. O mesmo circuito já lhe causou dor de cabeça no passado. Empatado em 48 pontos com Lewis Hamilton, da McLaren, líder da temporada no desempate, e com seu companheiro de Ferrari, Felipe Massa, o finlandês se classificou apenas em sexto para a prova de domingo, com seus dois rivais dividindo a primeira fila do grid.   Veja também: Hamilton rouba pole de Massa no GP da Alemanha "Todo o final de semana estivemos brigando um pouco para encontrar um bom acerto para o carro", disse Raikkonen. "Ontem (sexta-feira), parecia que estávamos no caminho certo e esta manhã tentamos melhorar ainda mais, mas não foi a correta", continuou. "Claro que o sexto lugar não é satisfatório e amanhã [domingo] não teremos uma corrida fácil, mas não é, definitivamente, o fim do mundo", acrescentou. Raikkonen largou na pole position em suas duas últimas corridas em Hockenheim pela McLaren, em 2005 e 2006, a última vez que o circuito havia recebido um GP. Nas duas ocasiões, ele não conseguiu converter a vantagem em vitória depois que teve problemas mecânicos. Na verdade, em seis corridas disputadas em Hockenheim, Raikkonen terminou na zona de pontuação em apenas uma - quando foi o terceiro colocado na mais recente delas em 2006.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.