Raikkonen: vice é bom resultado em 'fim de semana difícil'

'Não tivemos um carro bem regulado', justifica o campeão mundial, aliviado pelo fato de voltar à Europa, agora

Agências internacionais

06 de abril de 2008 | 12h16

O finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, novo líder do Mundial de Fórmula 1, considera o segundo lugar obtido neste domingo no Grande Prêmio do Bahrein é um bom resultado, levando em conta as circunstâncias. "O fim de semana foi bastante difícil para mim porque não tivemos um carro perfeitamente regulado", afirmou o atual campeão do mundo. Veja também: Massa espanta má fase e vence a primeira no ano na F-1"A verdade é que, após um fim de semana ruim, o segundo lugar não é nada mal. Espero que na próxima corrida tudo seja diferente", acrescentou o finlandês. "Em alguns momentos não pude direcionar o carro da forma certa, mas consegui chegar em segundo". Raikkonen explica que seu pior momento na pista foi no primeiro reabastecimento e troca de pneus. Por isso teve de fazer uma segunda parada curta. "Foi uma parada mais rápida [a segunda], porque tive alguns problemas na primeira parada com o sistema eletrônico, por isso demorou mais"."Agora lidero o campeonato e isso é o mais importante, mas, repito, este não foi o fim de semana mais fácil. O importante é somar pontos, e o fiz nas três corridas", concluiu Raikkonen."Nunca tive bons momentos aqui, mas a soma dos pontos diz que está bom. Estou feliz por voltarmos à Europa." 

Tudo o que sabemos sobre:
Kimi RaikkonenFerrariFórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.