Raikkonen: vitória no GP da Espanha para manter a liderança

Atual campeão da F-1 está empolgado com o carro da Ferrari e foca a vitória no próximo Grande Prêmio

EFE

22 de abril de 2008 | 12h17

O finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, acredita que manterá a liderança na classificação do Mundial de Pilotos após o Grande Prêmio da Espanha, próxima etapa da Fórmula 1 e que será disputada no próximo domingo.Na coluna publicada habitualmente em seu site, Raikkonen espera que a Ferrari seja muito competitiva em Barcelona, além de garantir que dará o máximo de si por uma boa vitória no circuito de Montmeló. "Sabemos que tivemos nossos altos e baixos nas primeiras corridas. Agora espero que a Ferrari mantenha em Barcelona o mesmo ritmo mostrado na Malásia e no Barein", comentou.Pela primeira vez na carreira, o atual campeão do mundo começ a a etapa européia da temporada como líder entre os pilotos, com 19 pontos - três a mais que o alemão Nick Heidfeld, da BMW-Sauber, e cinco em relação ao inglês Lewis Hamilton, da McLaren."Obviamente, prefiro ser o líder que o perseguidor que costumava ser nas outras temporadas. Manter todos atrás de mim durante a corrida significaria também deixá-los na mesma situação no campeonato", assegurou.Apesar do otimismo, o finlandês sabe que será muito difícil bater seus adversários diretos. "Ganhamos as duas últimas corridas e isso fará com que nossos concorrentes ataquem ainda mais forte", afirmou.Para Raikkonen, os testes da semana passada em Montmeló não refletem as chances reais de cada equipe para a corrida, já que serviram apenas para ver os efeitos dos ajustes. "Demos um pequeno passo à frente, mas é difícil julgar estes treinamentos porque cada equipe testa coisas diferentes e corre com vários níveis de combustível", comentou."Meu desempenho nos treinos da semana passada não foi muito bom, mas não importa. Acho que deveremos alcançar a velocidade suficiente durante o fim de semana", completou o finlandês.Raikkonen, porém, não costuma se dar bem em Montmeló: de sete temporadas na F-1, ele só foi capaz de subir ao pódio uma vez, em 2005, quando venceu dirigindo uma McLaren.

Tudo o que sabemos sobre:
F-1Kimi RaikkonenFerrariGP da Espanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.