Ralf deseja representar Áustria na F-1

O piloto alemão Ralf Schumacher, da Williams, provocou grande polêmica em seu país ao declarar às vésperas do GP do Brasil ser atraente a idéia de representar a Áustria na Fórmula 1. ?Tenho uma proposta para correr com licença austríaca?, disse em entrevista à revista ?Seitenblick Magazin?. Ele justifica sua intenção ao dizer que se sente muito a vontade no país vizinho e que de alguma maneira tem um certo vínculo com a Áustria. ?Na Áustria é tudo mais solto, mais aberto?, garante.O irmão do tricampeão mundial, Michael, da Ferrari, lamentou a ?visão estreita? e a ?inveja? de seus compatriotas. ?Na Áustria as pessoas são mais amistosas e além do mais a comida é admirável, enfim, não me vejo morando na Alemanha novamente?, finalizou. A respeito da fúria que suas declarações causaram no seu país natal, Ralf garante que pode resolver isso em uma frase: ?Sou alemão e seguirei sendo, conduzirei com licença austríaca, assim, agrado ambas as partes?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.