Rali: André Azevedo assume o 3º lugar

O brasileiro André Azevedo com um caminhão Tatra terminou em terceiro na 5ª etapa do Rali Paris-Dacar e assumiu a mesma posição na classificação geral. Hoje, os participantes da competição percorreram 575 quilômetros, sendo 337 cronometrados, entre as cidades marroquinas de El Rachidia e Quarzazate. Ao lado dos checos Tomas Tomecek e Mira Martinec, Azevedo tenta superar o vice-campeonato do ano passado. Hoje, a etapa foi vencida pelo russo Vladimir Tchaguine (Kamaz), que assumiu a liderança na classificação geral. O piloto brasileiro Klever Kolberg e o navegador Lourival Roldan também avançaram na classificação geral ao pular da 24ª colocação para a 22ª, com o 21º tempo obtido. Com a vitória na 5ª etapa, os franceses Stéphane Peterhansel e o navegador Jean-Paul Cottret (Mitshubishi) permaneceram como líderes entre os carros, mas poderão perder a posição, por causa de uma punição. ?Tivemos problemas a 80 quilômetros do acampamento. A piloto Andrea Mayer que nos puxou até o final. Espero que este tenha sido o primeiro e o último incidente?, afirmou o Peterhansel. O piloto poderá ser penalizado em 30 minutos por causa da ?ajuda?. Nas motos, com uma KTM, o brasileiro Jean Azevedo continua a se recuperar na classificação geral e com o 13º tempo de hoje pulou para a 14ª colocação. A disputa na categoria é liderada pelo espanhol Isidre Esteve, vencedor da 5ª etapa. Amanhã os pilotos vão enfrentar uma das etapas mais longas da competição, ao percorrer um total de 1,055 Km, dos quais 701 Km cronometrados. Os participantes vão partir à noite de Quarzazate para realizar um deslocamento de 345 Km até a fronteira com a Mauritânia, onde será dada a largada à 6ª etapa.

Agencia Estado,

05 de janeiro de 2004 | 19h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.