Eitan Abramovich/AFP
Eitan Abramovich/AFP

Rali Dacar começa em Buenos Aires e anuncia que continua na América do Sul em 2017

Os 347 veículos da 37ª edição foram apresentados neste sábado 

Estadão Conteúdo

02 de janeiro de 2016 | 20h18

Começou neste sábado mais uma edição, a 37.ª da história, do Rali Dacar. Nas ruas de Buenos Aires, capital da Argentina, carros, caminhões, motos e quadriciclos - 347 no total - se exibiram para o público e patrocinadores antes de uma etapa especial, chamada de prólogo, até a cidade de Rosario, a 346 km de distância - apenas 11 deles valeram como tempo para a larga oficial neste domingo.

Neste ano, o Rali Dacar estará presente em apenas dois países do continente sul-americano - Argentina e Bolívia. Em outros anos, Chile e Peru também receberam os veículos do mais tradicional rali do mundo, que foi disputado de 1979 a 2007 pela Europa e África, com chegada sempre na capital do Senegal. Em 2008, por problemas de segurança em alguns países africanos, a competição não foi realizada e a solução foi mudar o evento para a América do Sul a partir de 2009.

Neste sábado, a organização do Rali Dacar, a "Amaury Sport Organisation", confirmou a permanência do evento na América do Sul, acabando com as especulações de que em 2017 a África teria o rali de volta. E disse ainda que é possível que Peru e Uruguai, este de forma inédita, recebe a competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.