Rally Dakar muda percurso e vai largar do Peru em 2016

Os organizadores do Rally Dakar, principal prova off-road do mundo, anunciaram nesta quinta-feira o percurso básico do rali em 2016. No ano que vem, a prova terá largada em Lima, no Peru, dia 3 de janeiro, vai passar pela região oeste da Bolívia e será concluída em Rosário, na Argentina, 13 dias depois.

Estadão Conteúdo

23 de abril de 2015 | 20h54

Com o novo roteiro, o rali deverá ter mais etapas na altitude, além de voltar a passar pelas áreas desérticas do Peru, já visitadas em 2012 e 2013. Nos dois anos, a largada também foi em Lima, seguindo para o sul via Chile, sem passar pela Bolívia como agora. A prova de 2013 terminou em Santiago, depois de visitar a Argentina. No ano anterior, a chegada havia sido em Mar del Plata.

Neste ano, o Dakar foi essencialmente argentino, com largada e chegada em Buenos Aires, passando rapidamente pela Bolívia e pelo Chile. Em 2014, o trajeto havia tido algumas semelhanças, partindo da Argentina (Rosário), passando um dia na Bolívia e depois partindo para o sul do Chile, onde aconteceu a chegada.

Nas três primeiras edições do Dakar na América do Sul (2009 a 2011), a prova teve largada e chegada em Buenos Aires, com etapas apenas no Chile e na Argentina. Assim, essa será a primeira vez que o rali vai cruzar a Bolívia. Nas outras oportunidades em que passou por lá, teve apenas uma etapa.

Tudo o que sabemos sobre:
automobilismoRally Dakar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.