Divulgação
Divulgação

Raphael Matos é o estreante mais rápido da Indy 500

Brasileiro atingiu quase 360 km/h no oval e, mesmo largando em 12.º no domingo, sonha com a vitória

AP

20 de maio de 2009 | 19h58

Raphael Matos sonha em ser campeão desde que se tornou piloto. Agora que ele é o mais rápido estreante das 500 milhas de Indianápolis, ele quer adicionar outra marca em seu currículo como piloto.

Aos 27 anos, o brasileiro larga na corrida de domingo na 12.ª posição, no lado de fora da quarta fila (cada fila tem três carros nesta prova, ao contrários dos dois tradicionais), a melhor posição entre os cinco estreantes em Indianápolis neste ano.

"Isto traz uma grande responsabilidade para a equipe e para mim", diz Matos, que pilota para a Luczo Dragon, cujo coproprietário é Jay Penske, filho do 14 vezes vencedor na F-Indy Roger Penske. "Começar como o mais rápido estreante traz muito para mim... O car estava rápido neste mês. Felizmente, eu acredito que estamos num bom momento e faremos uma ótima corrida".

Matos vem um título de campeão com de cinco poles e três vitórias na Indy Lights (categoria de acesso) no ano passado. Antes, foi campeão na F-Atlantic, Star Mazda e Formula Dodge. Sua primeira conquista foi na brasileira F-Chevrolet Junior.

No fim do ano passado ele assinou um contrato de vários anos para dirigir pela Luczo Dragon na Fórmula Indy e passou a ser acompanhado pelos ex-campeões da Indy Rick Mears e Gil de Ferran.

"Sou um rookie [novato], tenho muito a aprender todos os dias", Matos diz. "Eu tenho visto o quanto isso é intenso e lembro que você precisar ter paciência. Eu estou na expectativa pelas disputas na corrida. Eu quero acelerar e ao mesmo tempo preciso ser conservador. Minha esperança é estar em uma boa posição nos últimos 30 minutos da corrida para brigar por um pódio".

Os outros novatos são Robert Doornbos, da Holanda, Mike Conway, da Inglaterra, Nelson Philippe, da França, e Alex Tagliani, do Canadá. A melhor volta de Matos foi 223.429 mph (359.549 km/h), sendo 2 mph (3 km/h) mais rápido do que qualquer outro estreante.

Antes, os mais rápidos estreantes classificados que venceram uma corrida no mesmo ano foram o colombiano Juan Pablo Montoya, em 2000, George Souders, em 1927, e Jules Goux, em 1913.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.