Leandro Silveira, Agência Estado

14 de março de 2010 | 18h52

André Lessa/AE

Raphael Matos passa pela com seu Luczo Dragon na entrada do S do Samba, no Anhembi

SÃO PAULO - Melhor estreante da última temporada da Fórmula Indy, o brasileiro Raphael Matos esteve muito perto de chegar ao pódio da etapa de São Paulo, neste domingo, no circuito do Anhembi. Mas ele foi ultrapassado quando faltavam apenas cinco voltas para o encerramento da corrida pelo compatriota Vitor Meira. Mesmo assim, ficou satisfeito com a quarta colocação na prova.

Veja também:

linkCORRIDA - Leia como foi a vitória de Will Power na etapa de São Paulo da F-Indy

lista F-INDY - Todas as notícias da categoria

blog BATE-PRONTO - Bastidores da prova

"Estou feliz com o meu desempenho, um ótimo resultado para uma equipe nova. Os pit stops foram rápidos. Consegui sair do acidente no início e pulei para frente. Estou um pouco chateado por não ter terminado no pódio. Por alguma razão não tinha a aderência necessária e o Vitor me passou. Depois cheguei nele, mas era tarde demais", explicou Matos.

Chefe do brasileiro na equipe De Ferran/Luczo Dragon, o ex-piloto Gil de Ferran exaltou o desempenho do seu piloto. "Ficamos desapontados na classificação, mas ele trabalhou bem na largada e fez uma corrida perfeita. A equipe fez ótimo trabalho nos boxes e nós tomamos decisões acertadas na estratégia. Foi realmente muito bom", analisou o agora dirigente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.