Biel Aliño/EFE
Biel Aliño/EFE

Red Bull diz que pode ter motores da Mercedes em 2010

Escuderia não está contente com o rendimento dos motores fornecidos pela Renault nesta temporada

Agencia Estado

25 de agosto de 2009 | 09h45

SÃO PAULO - A Red Bull mostrou nesta terça-feira que não está satisfeita com o rendimento dos motores Renault e admitiu a possibilidade de encerrar o acordo com a montadora e assinar contrato com a Mercedes-Benz. A insatisfação cresceu depois do GP da Europa, em Valência (Espanha), em que Sebastian Vettel perdeu dois motores no fim de semana.

Veja também:

tabela F-1: classificação do Mundial

especial ESPECIAL: jogue o Desafio dos Pilotos

forum BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

"Há boas razões para ampliar o contrato com a Renault como para trocar pela Mereces. Queremos decidir no final de agosto", afirmou Helmet Marko, consultor técnico da Red Bull, em entrevista ao jornal austríaco Salzburger Nachrichten.

O dirigente lembrou que as equipes McLaren, Force India e Brawn GP, que correm com motores fornecidos pela Mercedes, ainda não tiveram quebras nesta temporada da Fórmula 1. "Há fatos que devemos levar em conta. Assim como nenhum dos pilotos da Mercedes teve problemas neste ano".

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Red BullMercedes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.