Red Bull vai vender equipe Toro Rosso antes de 2010

A Red Bull venderá uma de suas equipes deFórmula 1, a Toro Rosso, antes de 2010 por causa de uma mudançaa ser implementada no regulamento da categoria, confirmou oco-proprietário da escuderia Dietrich Mateschitz. "Não é segredo para ninguém que estamos pondo a equipe ToroRosso à venda", disse ao site suíço www.motorsport-aktuell.com,após o Grande Prêmio da Austrália, realizado no domingo. "As regulamentações estão mudando para 2010. Até lá, seráimpossível haver uma sinergia no projeto ou na construção denossas equipes Red Bull Racing e Scuderia Toro Rosso",acrescentou. "Por esse motivo, acredito ser fundamental que nosconcentremos em um dos dois. Não venderemos a Toro Rosso natemporada de 2008, mas a venderemos antes de 2010." Na entrevista completa divulgada na revista Motorsportaktuell, Mateschitz disse que a equipe seria colocada à vendano outono do Hemisfério Norte (entre os meses de setembro enovembro). "Venderemos a equipe apenas quando tivermos certeza de queestará na mão de pessoas sérias e de que os novos proprietárioscontinuarão a dirigi-la obedecendo aos mesmos padrões dequalidade", afirmou. "A coisa mais barata que se pode fazer na Fórmula 1 écomprar uma equipe. A coisa só fica dispendiosa quando se tentadirigir uma equipe com seriedade." A Toro Rosso, antes chamada Minardi e com sede na Itália, éde propriedade de Mateschitz, um bilionário do ramo das bebidasenergéticas, e de seu compatriota Gerhard Berger. Mateschitz também é dono da equipe Red Bull Racing, e oscarros das duas escuderias são projetados pela Red BullTechnology, sob a orientação do ex-diretor técnico da McLarenAdrian Newey. Enquanto a Toro Rosso usa motores Ferrari, a Red Bull usamotores Renault. As duas equipes compartilham as mesmasinstalações nas corridas e nos testes. As regras da categoria para 2010 proíbem os chamados"carros de cliente", nos quais uma equipe usa o chassifornecido por uma outra, e determinam que todas as equipes queparticipam do campeonato de construtores projetarão e montarãoseus carros. (Reportagem de Mark Ledsom)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.