Regularidade é a arma da F-Renault

O Brasileiro de Fórmula Renault teve apenas três de suas dez etapas realizadas até agora, mas já confirmou a expectativa de antes do início da temporada: a de que a regularidade será fundamental na luta pelo título. Mais do que vencer corridas, obter resultados consistentes pode garantir a taça ao final do campeonato. O atual líder da competição, o paulista Allan Khodair (46 pontos), ainda não venceu uma prova sequer. No entanto, marcou pontos em todas as etapas. Domingo, em Tarumã, por exemplo, ele foi quarto colocado, o que lhe rendeu 16 pontos. Antes, Khodair havia chegado em segundo lugar em Curitiba e em nono em Brasília. Por isso, ultrapassou o paulista André Prioste (44), que após vencer em Brasília não pontuou na etapa gaúcha. Prioste tem a segunda posição na classificação ameaçada pelo carioca Patrick Rocha, vencedor da corrida em Tarumã. Rocha vinha de dois sextos lugares e já soma 42 pontos. Na teoria, ele tem uma vantagem: a próxima corrida, dia 30, será na pista de Jacarepaguá, Rio, que conhece muito bem. ?Lá, tenho boas perspectivas de obter outro bom resultado, o que será importante em termos de campeonato??, diz. Quem também subiu na classificação foi o paulista Sérgio Jimenez, após o segundo lugar no Sul, em prova disputada sob forte chuva. Ele tem 37 pontos, um a mais que o paranaense Kaká Domingos, terceiro no Tarumã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.