Renato Martins fica com o título da Fórmula Truck

Há dez anos, em Curitiba, um simples caminhoneiro realizava o sonho de conquistar o primeiro título da desconhecida Fórmula Truck, que acabara de receber a homologação da Confederação Brasileira de Automobilismo. Neste domingo, o mesmo piloto, Renato Martins, levou o bicampeonato, em uma corrida emocionante em Brasília. A vitória na prova ficou com Geraldo Piquet, seguido de Roberval Andrade e Pedro Muffato.Piloto da Volkswagen e chefe da equipe RM Competições, Renato cruzou a linha de chegada na sexta posição e terminou a temporada de 2006 com 117 pontos, à frente de Vinicius Ramires (Mercedes), com 113, e Pedro Muffato (Scania), com 102. Depois da vitória, Renato desabafou, ?Foi um título muito importante, especialmente porque não foi um ano fácil. Até junho eu tinha funcionários que queriam pedir as contas porque não agüentavam de tanto trabalho, dia e noite. As três primeiras corridas foram bastante complicadas", revelou o campeão.Apesar do título, o piloto admite que ficou no prejuízo em 2006. "Foi complicado porque este ano tivemos quatro caminhões destruídos, temos outros cinco na equipe. Ou seja: no total, foram construídos nove caminhões no ano. Os parceiros ajudaram em tudo o que podiam, mas às vezes eu ficava pensando no que teria de fazer porque não tinha verba. Com tanta dificuldade, cheguei a ter momentos de depressão?, contou.Antes da corrida, Renato tinha 11 pontos de vantagem na liderança. Largou em sexto e chegou a ficar em terceiro, mas foi punido duas vezes por queimar o radar. Além de fazer uma corrida de recuperação, contou com a sorte - já que Vinicius e Wellington Cirino, concorrentes diretos pelo título, tiveram problemas com os caminhões e saíram da prova.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.