Renault anuncia patrocínio da Lada no Mundial de F-1

Acordo é fechado depois de a equipe francesa ter contratado o russo Vitaly Petrov como piloto titular

AE-AP, Agência Estado

04 de março de 2010 | 08h52

A Renault anunciou nesta quinta-feira a Lada, famosa empresa russa de automóveis, como seu novo patrocinador para a temporada 2010 da Fórmula 1, que terá a sua primeira corrida no próximo dia 14, no GP do Bahrein.

O acordo assinado na última segunda-feira acontece depois de a Renault ter contratado o russo Vitaly Petrov como piloto titular. Ele será o primeiro corredor da Rússia a disputar um Mundial da principal categoria do automobilismo mundial.

VEJA TAMBÉM:
\"especial\" MERCADO - A dança das cadeiras
\"lista\" F-1 - Leia mais sobre a categoria
blog LIVIO - F-1, viagens e tecnologia
O nome da Lada, marca que é o carro-chefe da empresa AvtoVAZ, aparecerá no carro da Renault e no macacão de Petrov nesta temporada.

A repercussão da entrada do piloto no Mundial de F-1 tem sido grande na Rússia. O acordo firmado com a Lada foi assinado, em Moscou, na presença do primeiro-ministro russo, Vladimir Putin.

Gerard López, presidente do grupo de investimentos Genii Capital, acionista majoritário da equipe, oficializou o acordo em um comunicado distribuído pela Renault e festejou a nova parceria. "Estamos orgulhosos de anunciar este novo acordo, que marca outro passo importante para a Renault e a F-1 na Rússia", disse López.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1RenaultLadavelocidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.