Renault confirma Grosjean no lugar de Nelsinho Piquet

A Renault confirmou oficialmente nesta terça-feira que o piloto francês Romain Grosjean será o substituto do brasileiro Nelsinho Piquet no restante da temporada de 2009 da Fórmula 1. A estreia dele será já no GP da Europa, cujos treinos começam a ser disputados na sexta, em Valência, na Espanha.

AE, Agencia Estado

18 de agosto de 2009 | 07h57

A demissão de Nelsinho, que foi piloto da equipe por um ano e meio, aconteceu ainda no começo do mês. Mas a Renault só confirmou o substituto nesta terça-feira porque esperava o julgamento de seu recurso na FIA, realizado na segunda, quando obteve liberação para disputar o GP da Europa.

Aos 23 anos, Grosjean entrou para o programa de desenvolvimento de pilotos da Renault em 2006. Desde então, manteve ligação com a equipe francesa. Neste ano, ele estava na disputa da GP2, categoria que é considerada uma espécie de acesso à Fórmula 1 - deixa o campeonato ocupando a segunda posição.

"Estou muito orgulhoso pela Renault ter me dado essa oportunidade. Estou ansioso para começar a pilotar e ajudar a equipe a conquistar os melhores resultados possíveis", afirmou Grosjean, que já ocupava o cargo de piloto de testes da escuderia francesa e, portanto, conhece o carro da Fórmula 1.

Grosjean também comemorou o fato de virar companheiro de equipe do espanhol Fernando Alonso, que é dono de dois títulos da Fórmula 1. "É uma honra trabalhar ao lado de Fernando e fazer minha estreia junto com um bicampeão mundial é especialmente motivador", admitiu o jovem piloto francês.

"Romain é um jovem talento", elogiou o diretor da Renault, Flavio Briatore, que ainda agradeceu os serviços prestados pelo piloto brasileiro que deixou a equipe. "Agradeço Nelson pela sua contribuição durante o período em que esteve conosco e lhe desejo o melhor para o seu futuro."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.