Arquivo/AE
Arquivo/AE

Renault de Nelsinho Piquet terá difusor no Bahrein

Peça será instalada no carro do brasileiro com a intenção de ajudá-lo a acabar com maus resultados

Agência Estado

20 de abril de 2009 | 16h21

XANGAI - O Renault de Nelsinho Piquet contará no próximo final de semana, no GP do Bahrein, com um novo difusor. Na China, apenas Fernando Alonso utilizou o dispositivo na equipe francesa. A informação foi confirmada por Flávio Briatore, chefe da escuderia, que lamentou o fato do brasileiro não ter usado a peça na prova disputada em Xangai.

Veja também:

link Briatore fala de 'dupla vitória em carros errados' na China

som Podcast: Lívio Oricchio analisa o GP da China 

tabela F-1: classificação do Mundial

especialConfira o calendário da temporada

especialESPECIAL: jogue o Desafio dos Pilotos

"Me sinto mal por Piquet não ter corrido com o difusor aqui também", afirmou. A Renault, porém, teve que fazer uma complicada operação para que Alonso contasse com o difusor e outras melhorias em seu carro para o GP da China.

Os mecânicos tiverem trabalho dobrado e as novas peças chegaram diretamente da fábrica da Renault através do jatinho particular de Flávio Briatore. Fernando Alonso ficou em segundo lugar no treino classificatório, mas, com vários problemas, terminou o GP da China na nona colocação.

O desempenho ruim de Nelsinho Piquet em Xangai, com várias saídas de pista no domingo, levou ao ressurgimento de rumores sobre a possibilidade do brasileiro ser demitido da Renault, segundo informações do diário esportivo As, da Espanha. Takuma Sato, Alex Wurz, Lucas di Grassi e Romain Grosjean seriam os candidatos para o lugar de Nelsinho.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Nelsinho PiquetRenault

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.