Arquivo/AE
Arquivo/AE

Renault desiste de processar Nelson e Nelsinho Piquet

Equipe francesa havia entrado na justiça contra pai e filho por chantagem, calúnia e difamação

AE, Agencia Estado

23 de setembro de 2009 | 11h14

PARIS - A Renault está mesmo disposta a esquecer a polêmica do GP de Cingapura de 2008. Depois de demitir Flávio Briatore e Pat Symonds, a equipe confirmou nesta quarta-feira que desistiu de processar Nelson e Nelsinho Piquet por chantagem, calúnia e difamação.

Veja também:

linkNelsinho admite que pode correr na Indy 

F-1 2009 - tabela Classificação | especialCalendário

especialESPECIAL - jogue o Desafio dos Pilotos

blog BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

A escuderia francesa havia entrado na justiça, ao lado de Flávio Briatore, contra os brasileiros. Mas, depois de ser julgada e admitir sua culpa, a equipe desistiu de levar a ação adiante.

"Estamos dispostos a deixar todo este caso para trás. Abrimos procedimentos criminais na França, mas já desistimos", disse Ali Malek, advogado da montadora.

Com a Renault fora de cena, apenas Briatore deve continuar sua perseguição judicial aos Piquet. O dirigente italiano, banido das competições da FIA, prometeu que levará o caso às últimas consequências.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.