Renault e McLaren fazem o duelo final

O Mundial de Construtores da Fórmula 1 começa a ser decidido nesta quinta-feira, com os primeiros treinos para o GP da China, em Xangai, a última etapa da temporada. Já com o título de pilotos nas mãos (o espanhol Fernando Alonso foi campeão antecipado), a Renault leva dois pontos de vantagem sobre a McLaren: 176 a 174.Como a classificação do campeonato de construtores corresponde à soma dos pontos obtidos pelos dois pilotos da equipe, o trabalho da Renault e McLaren só terá um objetivo: garantir a melhor posição possível para a dupla.No Japão, Raikkonen ganhou a corrida para a McLaren, enquanto Juan Pablo Montoya não concluiu a prova. Mas como classificou seus pilotos em 2º e 3º lugares, a Renault voltou para a liderança entre os construtores.Há diversas possibilidades aritméticas para chegar ao título de construtores, mas a equipe que fizer a dobradinha - ou o primeiro e 3º lugares - ganhará o campeonato, independente do resultado da dupla rival.A McLaren já venceu, este ano, outro duelo: o do número devitórias ao longo do Mundial. A equipe ficou 10 vezes em primeiro lugar, contra 7 da Renault e uma outra da Ferrari, no discutível GP dos Estados Unidos, em Indianápolis, quando apenas 6 carros disputaram a prova. O GP da China será disputado pela segunda vez, na madrugada de sábado para domingo. No ano passado, o brasileiro Rubens Barrichello, com a Ferrari, estabeleceu a pole position e ganhou a corrida, subindo ao pódio ao lado de Jenson Button e Kimi Raikkonen.

Agencia Estado,

12 de outubro de 2005 | 17h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.