Bazuki Muhammad/REUTERS - 8/4/2011
Bazuki Muhammad/REUTERS - 8/4/2011

Renault garante presença de Bruno Senna no GP da Bélgica

Brasileiro vai substituir o alemão Nick Heidfeld, que prometeu processar a escuderia caso fosse preterido

24 de agosto de 2011 | 14h48

SPA - A escuderia Renault anunciou oficialmente que  Bruno Senna vai pilotar pela escuderia no Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1 em substituição ao alemão Nick Heidfeld. O brasileiro, que durante esta temporada estava na função de piloto de testes da equipe francesa, será o companheiro de equipe do russo Vitaly Petrov.

Nos últimos dias, Heidfeld mostrou grande descontentamento com a possibilidade de ser preterido pela Renault e chegou a ameaçar seus dirigentes de acionar a Justiça caso sua substituição por Senna fosse confirmada.

Nos bastidores, comenta-se que Senna deve correr bastante pressionado pois só um bom resultado em Spa poderia convencer a Renault a lhe dar outras oportunidades em corridas no lugar do francês Romain Grosjean, atual líder da GP2

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.