Renault pretende confirmar aumento de produção

Com as novidades aerodinâmicas, equipe francesa espera 'mudança de direção' para GP da Turquia

EFE

02 de maio de 2008 | 13h35

A Renault, do brasileiro Nelsinho Piquet e do espanhol Fernando Alonso, pretende confirmar no Grande Prêmio da Turquia a "mudança de direção" que experimentou na Espanha, informou o diretor de operações da escuderia, o francês Denis Chevrier.   O abandono de Alonso por problemas mecânicos em Barcelona acabou com um fim de semana promissor. No GP da Espanha, graças às novidades aerodinâmicas introduzidas no R28, a Renault alcançou a segunda posição no grid de largada com Alonso e melhorou muito em relação às provas anteriores no Mundial de F-1.   "Certamente foi uma mudança de direção. Precisávamos desesperadamente mostrar uma melhora clara no rendimento, pois nas três primeiras corridas estivemos muito abaixo da categoria normal da equipe, e agora mostramos algo muito diferente", declarou Chevrier.   Porém, tão importante quanto a melhora experimentada no circuito da Catalunha será, para a Renault, confirmar os progressos na próxima corrida, em 11 de maio na Turquia.   "Temos que esperar dez dias para garantir que trabalhamos na direção correta, que não realizamos apenas uma melhora particular em Barcelona, que é um circuito muito conhecido", afirmou.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.