Jean Michel le Meur/DPPI
Jean Michel le Meur/DPPI

Renault promete melhorar performance na Fórmula 1

Problemas nos motores da montadora francesa afastou a Red Bull da luta pelo título de 2014, mas equipe promete mudanças

Estadão Conteúdo

28 de janeiro de 2015 | 12h13

Os problemas nos motores da Renault atrapalharam a tentativa da Red Bull de lutar pelos títulos da Fórmula 1 na temporada 2014, dominada pela Mercedes, mas as dificuldades não vão se repetir em 2015. Ao menos foi o que assegurou a montadora francesa, destacando que realizou mudanças profundas na sua unidade de potência para ser mais competitiva no próximo campeonato.

"Fizemos mudanças fundamentais para ganhar performance e confiabilidade. Fizemos atualizações em todos os sistemas e subsistemas para conseguir mais performance", afirmou Rod White, diretor técnico da Renault, explicando que houve uma grande mudança de peças nos motores para 2015.

O diretor da fornecedora de motores detalhou quais foram as principais ações adotadas para melhorar o desempenho da Renault. "As mudanças principais envolvem o motor de combustão, o turbo e a bateria. Nós teremos uma nova câmara de combustão e um novo sistema de escapamento", explicou.

Em 2015, a Renault vai fornecer motores para a Red Bull e a Toro Rosso. E o resultado das mudanças nas unidades de potência poderá começar a ser observado no próximo domingo, quando a Fórmula 1 abre um período de quatro dias de testes coletivos da sua pré-temporada no circuito de Jerez de la Frontera, na Espanha.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1RenaultRed BullVelocidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.