Reserva da equipe, Bruno Senna fará teste pela Renault na sexta

Brasileiro vai assumir a cockpit R31 para participar de testes aerodinâmicos no aeroporto de Duxford, na Iglaterra

AE, Agência Estado

10 de maio de 2011 | 15h06

LONDRES - O brasileiro Bruno Senna voltará a guiar o carro utilizado pela Renault na Fórmula 1 na sexta-feira. Piloto reserva da equipe, ele assumirá o cockpit do R31 para participar de testes aerodinâmicos na pista do aeroporto de Duxford, perto de Londres e dentro das dependências de um museu aeronáutico.

"Vamos validar na prática os dados fornecidos pelo túnel de vento. Não é uma coisa complicada de fazer, mas é um trabalho importante porque a aerodinâmica é uma área que pede evolução constante. Além disso, será bom para me manter em atividade, principalmente no carro atual", comentou.

Bruno Senna vai acelerar apenas em linha reta e deverá completar distância em torno de 300 quilômetros, equivalente à duração de uma corrida da Fórmula 1. Neste ano, o brasileiro já havia participado de testes coletivos em Jerez de la Frontera. Com a Renault em quarto lugar no Mundial de Construtores, ele acredita que a equipe ainda pode evoluir. "Precisamos melhorar nos treinos classificatórios", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1RenaultBruno Sennateste

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.