Resultado agrada mulher de Rubinho

Ao contrário do diretor-esportivo da Ferrari, os membros da família de Rubinho não conseguiam disfarçar um certo desapontamento e tristeza pelo resultado. Sem querer falar com a imprensa, a esposa do piloto, Silvana Giaffone, tentava encontrar algum aspecto positivo no desempenho do marido. "Para falar a verdade, acho que foi bom largar em sexto. Pelo menos alivia a pressão sobre ele", comentou, dirigindo-se ao grupo de pessoas que a acompanhava, formado pelo pai de Barrichello, Rubens, a mãe, Idely, e outros parentes e amigos. Todos deixaram o autódromo às 14h30.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.