Vincent Thian/AP
Vincent Thian/AP

Retrospecto anima Kimi Raikkonen para o GP de Abu Dabi

Finlandês ainda mantém esperanças de conquistar o vice-campeonato da temporada

AE, Agência Estado

30 de outubro de 2013 | 09h21

YAS MARINA - Ainda com esperanças de conquistar o vice-campeonato da temporada 2013 da Fórmula 1, pois está 24 pontos atrás do segundo colocado, o espanhol Fernando Alonso, o finlandês Kimi Raikkonen disputa neste domingo uma prova que lhe traz boas memórias. A sua primeira vitória no retorno à categoria foi no GP de Abu Dabi do ano passado e ele espera conseguir repetir esse resultado no circuito de Yas Marina, mesmo destacando que só saberá qual é o seu potencial quando iniciar as atividades da prova.

"É bom correr em um circuito onde você teve um bom resultado antes. Eu tive um bom resultado lá no ano passado, mas eu tive uma corrida muito chata lá na primeira vez que fui em 2009 (12º colocado). Eu prefiro ter um bom resultado, mas você não sabe o quão forte você vai estar até chegar ao circuito", disse. Para isso, Raikkonen destaca a necessidade de conseguir uma boa posição no grid de largada, pois as características da pista dificultam as ultrapassagens. "A pista torna realmente difícil as ultrapassagens, como não há muitos lugares para passar. Você realmente tem que se classificar bem para estar na frente e obter um bom resultado lá", afirmou.

Raikkonen também apontou que o GP de Abu Dabi é um desafio único aos pilotos por ser concluído no período noturno. "A corrida à noite significa que posso acordar mais tarde! Ter uma mistura do dia com a noite torna um desafio diferente dos circuitos que vemos em qualquer outro lugar. Começamos com o sol e terminamos com as luzes. É diferente, interessante e espetacular para os fãs assistirem também", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.