Revelação da Fórmula 1, dinamarquês conta estar 'vivendo um sonho'

Kevin Magnussen tem surpreendido na pré-temporada e nesta quarta-feira novamente foi o mais rápido

O Estado de S. Paulo

20 de fevereiro de 2014 | 18h10

SAKHIR - O dinamarquês Kevin Magnussen, da McLaren, reafirmou nesta quinta-feira o status de grande surpresa do começo de temporada e revelou estar vivendo um sonho ao pilotar na Fórmula 1. O estreante na categoria foi o mais rápido do segundo dia de testes no Bahrein e repetiu o feito da primeira bateria, na Espanha, em janeiro, quando marcou a volta mais rápida dos quatro dias.

"É um sonho toda a vez que entro no carro. É tão bom estar aqui e guiando. Realmente estou apreciando muito tudo isso", confessou o piloto de 21 anos. Magnussen tenta não repetir o feito do pai, Jan, que estreou na Fórmula 1 pela McLaren em 1995 com fama de talento, mas pela falta de comprometimento fora das pistas, não evoluiu na carreira e em 25 GPs na categoria conseguiu no máximo um 6º lugar, no Canadá, em 1998, pela Stewart.

Por isso, o novato tenta segurar a empolgação. "O time está fazendo um ótimo trabalho e me ajudando, ao me dar boas orientações e fazendo me sentir confiante", afirmou o piloto, que nos próximos dois dias de testes no Bahrein vai ceder espaço para o seu companheiro de equipe, Jenson Button, andar com o modelo 2014 na pista.

A responsabilidade da McLaren é enorme para a temporada. Em 2013, o time de Woking viveu um ano pífio e pela primeira vez desde 1980 terminou um campeonato sem ter subido ao pódio pelo menos uma única vez. "Ainda estamos aprendendo muito sobre o novo carro. Temos mais quatro dias de testes na próxima semana e muito trabalho a fazer", comentou Magnussen.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.