Revista diz que FIA quer implantar 'para-brisa' na Fórmula 1

Estrutura seria transparente para não prejudicar visão e resistente a ponto de absorver impacto

AE, Agência Estado

23 de dezembro de 2010 | 12h55

A nova revista italiana Autosprint informou que a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) deseja implantar uma novidade para melhorar a segurança dos carros da Fórmula 1 em 2011. De acordo com a publicação, seria colocado uma espécie de para-brisa nos cockpits, acima do volante, para proteger os pilotos do choque de objetos que eventualmente se desprendam de outros veículos.

A estrutura seria transparente, para não prejudicar a visão do piloto, e seria resistente a ponto de absorver o impacto de, por exemplo, uma roda.

Essa peça evitaria, por exemplo, o acidente que Felipe Massa sofreu no treino oficial para o Grande Prêmio da Hungria de 2009. O brasileiro foi atingido por uma mola que se soltou do carro de Rubens Barrichello, desmaiou instantaneamente e bateu sua Ferrari na proteção de pneus. Ele sofreu um corte profundo acima do olho, pequenos danos neurológicos e precisou se afastar das pistas por quatro meses.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.