Revoltado, Montoya distribui críticas

Críticas pesadas à Federação Internacional de Automobilismo (FIA), à Ferrari e, claro, a Michael Schumacher. Esta foi a reação do colombiano Juan Pablo Montoya, após o GP do Brasil. O colombiano da Williams estava tão revoltado com seu choque com o alemão na primeira volta da corrida - que lhe jogou para a última posição após ter largado na pole - que sequer preocupou-se em falar com a boa prova de recuperação que fez, terminando em quinto lugar. "Na Malásia, fui punido por uma coisa bem menor do que essa. Mas ninguém faz nada quando é com o Michael??, reclamou Montoya. Na corrida anterior, em Sepang, ele se "enroscou?? com o tetracampeão do mundo logo após a largada e foi penalizado com um drive thru, punição considerada absurda até pelo próprio piloto alemão. O colombiano revelou que em momento algum pensou na hipótese de o alemão receber punição semelhante pelo acidente deste domingo. "Você pode ter acreditado nisso, mas eu não acreditava. Por que? Porque Michael é Michael, Ferrari é Ferrari e esse tipo de comportamento (não mexer com os italianos) é típico da FIA. Não estou surpreso??, resumiu. "Nem triste.?? O piloto da Williams não admitiu a possibilidade de o choque ocorrido neste domingo na reta oposta ter sido apenas um acidente de corrida. "Eu larguei bem, fiz bem a primeira curva, a segunda, mas depois ele (Schumacher) se moveu, atravessou na minha frente e levou minha asa dianteira??, descreveu Montoya. "Isso dificultou as coisas para mim.?? Ele não levou em consideração o fato de Schumacher não ter fechado completamente a porta por duas vezes seguidas, o que caracterizaria uma infração. O alemão moveu o carro um pouco para a direita, para defender a posição -havia "roubado?? o primeiro lugar de Montoya -, enquanto o colombiano tentou sair da esquerda para a direita. Então, aconteceu o choque com a traseira da Ferrari. Como conseqüência do acidente, o colombiano teve de ir para o box para trocar o aerofólio e voltou à pista em último lugar. Fez uma prova de recuperação, chegou em quinto lugar e agora está com 14 pontos, 2 a menos que seu companheiro de equipe Ralf Schumacher e a 10 de Michael, o líder do campeonato. "O ruim é que mais uma vez deixei de somar pontos importantes??, afirmou Montoya, que fez a volta mais rápida da prova, a 60.ª, com 1min16s079.

Agencia Estado,

31 Março 2002 | 18h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.