Ribeirão Preto oficializa interesse em receber a F-Indy

Cidade é uma dos maiores produtoras do mundo de etanol, combustível utilizado na categoria

AE, Agencia Estado

18 de abril de 2009 | 11h04

O Brasil poderá receber uma das etapas da Fórmula Indy a partir de 2010. Neste final de semana, Dárcy Vera, prefeita de Ribeirão Preto, assinará um protocolo de intenções, durante a etapa de Long Beach deste domingo, com a organização da categoria de automobilismo, que vai oficializar o interesse da cidade do interior paulista.

Além de Ribeirão Preto, as cidades de São Paulo e Brasília também gostariam de realizar uma etapa da Fórmula Indy no Brasil. "Devido à riqueza e pujança da região, achamos que aqui, se houver condições, será o local ideal para prova. A vantagem número um de Ribeirão Preto é o etanol, mas a vantagem número dois é que é uma região extremamente rica, que pode atrair pessoas de outros estados e cidades", afirmou Carlos Gancia, representante da Fórmula Indy no Brasil.

Dárcy lembra que a cidade de Ribeirão Preto é um dos maiores produtores do mundo de etanol, combustível utilizado na Fórmula Indy. "Além de capital mundial do agronegócio, queremos trabalhar também a imagem da cidade como capital mundial do etanol. É um desafio a gente levantar conseguir essa prova na cidade", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.