Duda Bairros/Stock Car
Duda Bairros/Stock Car

Ricardo Maurício vence as duas corridas da 9ª etapa; Casagrande é o novo líder da Stock Car 2021

Ele é o primeiro piloto a ganhar as duas corridas no mesmo dia após a Stock Car aderir ao grid invertido para a corrida 2; nunca antes isso tinha acontecido - já tinha festejado um pódio no sábado

João Paulo dos Santos, Especial para o Estadão

19 de setembro de 2021 | 14h12

O piloto Ricardo Maurício venceu as duas corridas da 9ª etapa da Stock Car 2021, em Goiânia, neste domingo. O vencedor da segunda corrida do sábado, dia 18, e pole position neste domingo, dia 19, ganhou a primeira prova com certa tranquilidade, e a segunda com uma chegada eletrizante lado a lado com Thiago Camilo, recebendo a bandeirada com 0.010 segundos de diferença para o segundo colocado.

O tricampeão da Stock Car fez história ao vencer as duas corridas da 9ª etapa. É a primeira vez que um piloto leva as duas provas no mesmo dia após a categoria adotar o estilo de grid invertido para a corrida 2. Isso nunca tinha ocorrido antes.

Gabriel Casagrande, até então 2º colocado no campeonato, assumiu a liderança ao chegar em 18º na corrida 1 e fazer um ótimo 3º lugar na corrida 2. Ele somou 28 pontos e contou com péssima etapa de Daniel Serra, que somou apenas 3 pontos e caiu para segundo lugar no geral, com 262 no total.

Rubens Barrichello manteve o terceiro lugar no campeonato. Ele se deu bem em uma das corridas deste sábado, quando foi o vencedor. E somando mais 23 pontos na 9ª etapa deste domingo. Rubinho encostou nos líderes, agora com 234 na somatória do ano. Ele será um bom desafiante nas etapas finais da Stock Car.

Com as duas vitórias da 9ª etapa, Ricardinho Maurício saltou de 7º colocado para 4º no geral da categoria, entrando de vez na briga pelo título. Ele já tem 231 pontos.

Como foi a corrida 1

No começo da corrida, Ricardo Maurício largou bem em primeiro lugar, enquanto Allam Khodair conseguiu a ultrapassagem em cima de Rubens Barrichello e assumiu a segunda posição. Galid foi o piloto que teve melhor largada e subindo seis posições, assumindo a sexta colocação depois de ter saído em 12º.

Após a largada no Autódromo Internacional Ayrton Senna neste domingo, o líder do campeonato Daniel Serra e Rafael Suzuki se tocaram de forma leve, mas suficiente para provocar a entrada do Safety Car na pista, que permaneceu por apenas uma volta da corrida. O choque foi suficiente para mudar a pegada dos dois pilotos. Serra terminou a prova em apenas 18º colocado e viu Gabirel Casagrande chegar em 14º e reduzir a vantagem para dois pontos na briga pelo título.

Rubens Barrichello, que largou em 2º, não fez boa corrida e perdeu três posições, terminando em 5º. Esperava-se mais dele porque carro e piloto estavam bem arredondados. Rubinho ganhou uma das disputas do sábado. A grande emoção da prova ficou por conta da briga pela segunda colocação do pódio, com disputa acirrada e trocas de posições entre Allam Khodair e Ricardo Zonta - eles terminaram em 2º e 3º, respectivamente.

Khodair e Zonta fizeram briga boa pelo segundo lugar, trocando de posições várias vezes acionando os FanPushes (dispositivo de velocidade distribuído aos pilotos em votação dos fãs antes da corrida), enquanto isso Ricardo Maurício aproveitou para abrir na liderança e finalizar a prova com tranquilidade, levando sua segunda corrida no fim de semana.

Confira as posições finais da corrida 1:

1 Ricardo Mauricio (Eurofarma-RC/Cruze), 34 voltas em 32min29s

2 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze) a 3.970

3 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla) a 5.193

4 Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze) a 10.005

5 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla) a 10.844

6 Matias Rossi (Full Time Sports/Corolla) a 11.450

7 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla) a 12.431

8 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze) a 13.636

9 Diego Nunes (Blau Motorsport/Cruze) a 16.504

10 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla) a 17.702

11 Galid Osman (Shell V-Power/Cruze) a 19.893

12 Guga Lima (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze) a 22.338

13 Lucas Foresti (KTF Sports/Cruze) a 22.692

14 Gabriel Casagrande (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze) a 33.333

15 Sergio Jimenez (Scuderia CJ/Corolla) a 33.783

16 Gaetano di Mauro (KTF Racing/Cruze) a 43.334

17 Cacá Bueno (Crown Racing/Cruze) a 43.620

18 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze) a 47.703

19 Pedro Cardoso (KTF Racing/Cruze) a 58.274

20 Guilherme Salas (KTF Sports/Cruze) a 1 Volta

21 Tony Kanaan (Full Time Bassani/Corolla) a 1 Volta

22 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla) a 1 Volta

23 Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze) a 1 Volta

24 Julio Campos (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze) a 1 Volta

25 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze) a 1 Volta

26 Felipe Massa (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze) a 2 Voltas

Não completaram a prova

Felipe Lapenna (Hot Car Competições/Cruze)

Beto Monteiro (Crown Racing/Cruze)

Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla)

Como foi a corrida 2

A segunda corrida começou com a inversão dos dez primeiros colocados da prova anterior, de modo que Thiago Camilo saiu em primeiro, mas logo na largada houve toques entre os carros de Diego Nunes e Denis Navarro, provocando a entrada do Safety Car mais uma vez no dia. 

Gabriel Casagrande, que começou a corrida em 14º, fez ótimas largadas e se colocou entre os primeiros colocados, assim como Ricardo Maurício, que estava em dia iluminado. Ricardo Maurício, Ricardo Zonta, Thiago Camilo e Gabriel Casagrande fizeram uma reta final de prova emocionante, trocando posições entre si. Nas últimas voltas, Camilo e Ricardo Maurício colocaram os carros lado a lado, com Ricardinho levando a prova por 0.010 segundos de diferença em chegada eletrizande. Gabriel Casagrande terminou em 3º e assumiu a ponta do campeonato, contando com a não pontuação do ex-líder, Daniel Serra, que não finalizou a segunda disputa.

Confira a classificação da corrida 2:

1 Ricardo Mauricio (Eurofarma-RC/Cruze), 28 voltas em 34min01s

2 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla) a 0.010

3 Gabriel Casagrande (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze) a 0.510

4 Julio Campos (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze) a 1.749

5 Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze) a 3.102

6 Diego Nunes (Blau Motorsport/Cruze) a 4.539

7 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla) a 4.747

8 Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze) a 5.924

9 Cacá Bueno (Crown Racing/Cruze) a 6.130

10 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla) a 6.36

11 Galid Osman (Shell V-Power/Cruze) a 6.466

12 Matias Rossi (Full Time Sports/Corolla) a 6.785

13 Guga Lima (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze) a 8.505

14 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla) a 9.360

15 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla) a 10.246

16 Gaetano di Mauro (KTF Racing/Cruze) a 11.142

17 Lucas Foresti (KTF Sports/Cruze) a 11.956

18 Pedro Cardoso (KTF Racing/Cruze) a 15.809

19 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze) a 36.007

Não completaram a prova

Felipe Massa (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze)

Sergio Jimenez (Scuderia CJ/Corolla)

Guilherme Salas (KTF Sports/Cruze)

Beto Monteiro (Crown Racing/Cruze)

Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze)

Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze)

Tony Kanaan (Full Time Bassani/Corolla)

Felipe Lapenna (Hot Car Competições/Cruze)

Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze)

Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.