(Andrej Isakovic/AFP)
(Andrej Isakovic/AFP)

Ricciardo perde posições no GP da Arábia Saudita de F-1; Hamilton ganha dois lugares

Australiano parte da 15ª posição na segunda etapa do campeonato, já britânico também se beneficia da saída de Mick Schumacher do grid

Redação, Estadao Conteudo

26 de março de 2022 | 23h00

Uma das decepções da etapa de abertura da Fórmula 1, a McLaren deve encontrar mais dificuldades no GP da Arábia Saudita, neste domingo. Após exibir rendimento abaixo do esperado com seus dois carros no treino classificatório, o time inglês foi notificado de que o piloto australiano Daniel Ricciardo sofreu uma punição dos comissários da prova.

Ele vai perder três posições no grid de largada deste domingo, no Circuito de Jeddah, porque atrapalhou uma volta rápida do francês Esteban Ocon, da Alpine, no treino classificatório. Como obteve o 12º melhor tempo da sessão, Ricciardo vai partir do 15º posto na segunda corrida do ano.

"Os comissários ouviram o piloto do carro número três (Ricciardo), o piloto do carro número 31 (Ocon) e os representantes dos dois times, examinou vídeos, evidências do rádio e decidiu que o carro três impediu o carro 31", informaram os comissários da prova.

Em sua defesa, o piloto australiano alegou que não foi avisado por sua equipe, via rádio, que Ocon se aproximava na pista. E o próprio francês admitiu que Ricciardo não chegou a atrapalhar seu rendimento. Mesmo assim, os comissários decidiram pela perda de três posições e mais uma multa, no valor de 10 mil euros (cerca de R$ 52,7 mil) para a McLaren.

HAMILTON

Se a Mercedes ainda não se encontrou em 2022, Lewis Hamilton parece ainda mais perdido que sua equipe na Fórmula 1. Neste sábado, o piloto inglês registrou uma das piores performances de sua carreira em um treino classificatório. Obteve apenas o 16º melhor tempo e reclamou: "O carro estava simplesmente impossível de pilotar".

Acostumado a brigar pela pole position - ostenta o incrível recorde de 103 neste quesito -, o inglês admitiu a surpresa com o fraco rendimento "Sim, fiquei surpreso. Eu estava sofrendo demais com a falta de equilíbrio do carro e, sim, não estou onde eu gostaria", comentou.

O heptacampeão mundial disse que ainda não entendeu as causas do rendimento abaixo do esperado. Seu novo companheiro de Mercedes, o britânico George Russell, vai largar em sexto lugar. "Foi alguma coisa no acerto do carro. Parecia bom no terceiro treino livre, ma tentamos progredir a partir dali, na mesma direção, e talvez tenhamos ido longe demais. O carro estava simplesmente impossível de pilotar. E eu estava muito nervoso".

A punição beneficiou diretamente os três pilotos que vinham logo atrás de Ricciardo no grid provisório. O chinês Guanyu Zhou subiu para o 12º lugar, enquanto o canadense Lance Stroll largará do 13º posto e o inglês Lewis Hamilton, com dificuldades neste sábado, vai partir da 14ª colocação.

O heptacampeão mundial havia registrado apenas o 16º melhor tempo do dia, em uma de suas piores performances em treino classificatório nos últimos anos. Mas ganhou duas posições, também devido à ausência do alemão Mick Schumacher neste domingo. O piloto da Haas sofreu forte acidente durante o treino. Ele passa bem, mas foi vetado da corrida por precaução.

Confira o grid de largada atualizado:

1º - Sergio Pérez (MEX/Red Bull) - 1min28s200

2º - Charles Leclerc (MON/Ferrari) - 1min28s225

3º - Carlos Sainz Jr. (ESP/Ferrari) - 1min28s402

4º - Max Verstappen (HOL/Red Bull) - 1min28s461

5º - Esteban Ocon (FRA/Alpine) - 1min29s068

6º - George Russell (ING/Mercedes) - 1min29s104

7º - Fernando Alonso (ESP/Alpine) - 1min29s147

8º - Valtteri Bottas (FIN/Alfa Romeo) - 1min29s183

9º - Pierre Gasly (FRAN/AlphaTauri) - 1min29s254

10º - Kevin Magnussen (DIN/Haas) - 1min29s588

11º - Lando Norris (ING/McLaren) - 1min29s651

12º - Guanyu Zhou (CHI/Alfa Romeo) - 1min29s819

13º - Lance Stroll (CAN/Aston Martin) - 1min31s009

14º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - 1min30s343

15º - Daniel Ricciardo (AUS/McLaren) - 1min29s773*

16º - Alexander Albon (TAI/Williams) - 1min30s492

17º - Nico Hülkenberg (ALE/Aston Martin) - 1min30s453

18º - Nicholas Latifi (CAN/Williams) - 1min31s817

19º - Yuki Tsunoda (JAP/AlphaTauri) - sem tempo

* Punido com a perda de três posições no grid

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.