Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
John Thys/ AFP
John Thys/ AFP

Rosberg admite 'sorte' por não bater no muro após pneu furar em Spa

'Quando dá algo errado a 300 km/h é um sentimento horrível'

Estadão Conteúdo

21 de agosto de 2015 | 15h25

Mais rápido dos treinos livres do GP da Bélgica, nesta sexta-feira, no tradicional Circuito de Circuito de Spa-Francorchamps, o Nico Rosberg quase se envolveu em um grave acidente na segunda sessão do dia. O pneu traseiro direito da Mercedes estourou de repente no meio da pista e o alemão precisou mostrar habilidade no volante para evitar uma colisão forte com o muro de proteção.

"Na segunda sessão foi um momento chocante para mim quando o meu pneu traseiro furou. Quando você está indo tão rápido, a 300 km/h, e algo dá errado, é um sentimento horrível. Eu pensei que eu iria acabar no muro e, para ser honesto, foi pura sorte que isso não aconteceu. Agora precisamos investigar com Pirelli que aconteceu", disse Rosberg, após o treino.

Apesar dos problemas, Rosberg cravou o melhor tempo do dia, com 1min49s385, baixando em quase dois segundos a marca mais baixa do primeiro treino. Sem conseguir alcançar o companheiro, Lewis Hamilton se contentou novamente com o segundo posto, com 1min49s687.

"De forma geral foi um bom dia, sem problemas com meu carro, excelentes condições climáticas. Não é sempre que está o tempo seco aqui. Nico está muito rápido, então tenho algum trabalho a fazer hoje à noite para ver onde eu posso achar alguma margem de tempo para melhorar", comentou o inglês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.